Pular para o conteúdo principal

Postagens

Certidão de Movimentos Migratórios

Após alguns anos sem escrever nada por aqui, resolvi fazer um post pra dar toda a informação que eu tenho sobre a última etapa do processo de intercâmbio: a prestação final de contas após o período chamado 'interstício', no qual os beneficiários de bolsas da CAPES devem ficar no país.

Para quem tem outras dúvidas, existe um FAQ da CAPES neste link

Como algumas pessoas tem me perguntado resolvi fazer um passo a passo de como fiz para obter minha Certidão de Movimentos Migratórios, um dos documentos obrigatórios para encerrar o processo.

Pra entender mais os detalhes e, de lambuja, um pulo do gato para conseguir (sim, é possível!) o documento, continue lendo =]


Postagens recentes

Je suis Charlie - Não deslegitimem essa luta para colocar outra discussão em pauta.

Por mais que eu evite postagens de teor político, por estar na França neste momento, não posso deixar de comentar sobre o atentado e toda a situação em torno do slogan "Je suis Charlie".




Textos e reflexões sobre o ocorrido não faltam, mas me incomoda um pouco toda essa movimentação sobre o "Je ne suis pas Charlie".
Por estar tão próximo da situação - na minha cidade, a primeira manifestação ocorreu em torno de 5 horas depois dos evento e tenho vários amigos em Paris -  me incomodam um pouco certas reações.

Por favor, não tentem usar esse momento de defesa à liberdade de expressão e contra o medo para polemizar sobre questões de proteção de minorias e imperialismo. Não tentem deslegitimar um movimento cuja luta é outra.

Para todos os que vem condenando o slogan, na minha opinião, a falha de compreensão é completa. 
O slogan "Je suis Charlie" não busca o ostracismo dos franceses de religião muçulmana. É evidente para todos que o atentado é um ataque tanto aos mu…

Campanhas BDA

Como dito no Post anterior, falaremos BDA neste post.

Num sobressalto de estilo Douglas Adams, me permito de anunciar os resultados antes pra ninguém ficar surpreso nem ter problemas do coração: os Yes We Art foram anunciados novo BDA ontem a noite, recebi a notícia enquanto fazia a barba.

Fast-Forward 2ª Temporada

Como, mais uma vez, tudo voa nessa École e eu nunca paro pra escrever, uma lista dos posts/coisas que eu não posso esquecer de jeito nenhum:

2.0 - Viagem UK+Irlanda (vai bens uns 3 posts aí...)
2.1 - Stage Tech'
2.2 - Soutenances de Stage e o Despedida dos EI2
2.3 - De novo os Escoteiros (e como acabaremos falando de Harry Potter e Minions no mesmo post)
2.4 - Procura de Estágio e o Vídeo-Currículo
2.5 - Documentário: Entrevistado na École
2.6 - Um Musical
2.7 - Brasil ( logo mais )
2.8 - Novas Campanhas


Por hora é só o que lembro (já vai dar pano pra manga isso aí)

A longa jornada da Integração

Agora que finalmente acabou, posso finalmente me permitir um encontro com a máquina de escrever para tentar sintetizar todas as experiências desse começo do segundo ano letivo na França.
Como ano passado, o primeiro mês de aulas é cheio de eventos. A maioria deles foi exatamente como no ano passado, a grande diferença é que eu estava do outro lado. Eu não fui o novato chegando, agora eu estou com os veteranos recebendo e acolhendo os que acabam de chegar.

A seguir, um relato mal escrito e pouco claro sobre os eventos do último mês. Tudo o que estiver indecifrável foi proposital, com o intuito de proteger as pessoas envolvidas.

A Caravana

A semana começou num domingo chuvoso para a Welaway. O comboio partia em direção noroeste. Os bravos colonos resolvem montar acampamento nume grande pradaria antes do cair da noite, com medo de uma tempestade. O líder, sempre certo dos caminhos a seguir, parte com o xerife para fazer reconhecimento do território.  Ao cair da noite, com os sons da chuva quase cedendo ao silêncio denso e sincopado da floresta, a caravana festeja a proximidade do fim da viagem. Apenas mais alguns dias de marcha até a terra prometida. Eles finalmente conquistariam o Oeste.
Na manhã seguinte, um grupo de colonos que havia se afastado para agradecer a Deus se depara com a figura inerte do guia do grupo. Feliz ou infelizmente, ele não estava morto, mas completamente louco. Seus últimos fiapos de consciência se esvaiam conforme perguntavam-lhe banalidades, e até seu nome lhe escapava. A caravana decide manter sua posição até descobrir o que afligia o pobre líder, e pra onde seguir.

Um parágrafo sobre minha experiência Escoteira fora do país

Uma jornalista grande amiga minha me pediu pra fazer um parágrafo pra colocar na página do meu Grupo Escoteiro contando o que eu achei desse tempo numa unidade escoteira aqui na França. Logo, pensei eu, nada melhor do que já colocar isso num texto pro blog. Apesar do atraso (tinha prometido pra sábado, maior vergonha) o texto saiu há 15 dias.